segunda-feira, 2 de maio de 2011

Estado Greve

A greve é grave,
é grávida
A greve é chave,
é ávida.

A greve é a vida
contra o agrave
do Estado ao professor.
A greve é dor,
é o estado grave 
da educação superior.

Grave isto: sem greve
não arde
não alarde
a nossa condição

Estamos na grade
do grave Decreto
por isso a greve
é o estado possível
da nossa condição grévida

A greve é grávida
e essa é a chave
da nossa labuta ávida
nossa luta, nossa vida
contra uma política árida.

Joselito da Nair, do Zé, do Rafael, de Ana Lúcia, de Tantas Gentes e de Jesus, O Emanuel

2 comentários:

  1. Grande "Jô"

    parabéns meu caro...
    esse poema merece o destaque pela qualidade e pelo momento mais que oportuno...

    um abração...

    Iuri

    ResponderExcluir
  2. Valeu mestre Iuri. Nem tinha visto este comentário.

    ResponderExcluir

joselitojoze@gmail.com